O desacobertamento que mudará o mundo começa amanhã?

 

 

Algo extraordinário está prestes a ser revelado. Antigos funcionários de alto nível e cientistas com profunda experiência em projetos secretos, que sempre permaneceram nas sombras agora estão vindo a luz.
Esses insiders têm conexões de longa data com agências governamentais que podem ter programas que investigam fenômenos aéreos não identificados (UAP).

Eles pretendem se mudar para o setor privado e disponibilizar todas as informações desclassificadas, e qualquer conhecimento futuro, para todos verem.

A equipe inclui um veterano de 25 anos da Direção de Operações da CIA; um Diretor do programa Lockheed Martin para sistemas avançados “Skunk Works”; um ex-vice-secretário adjunto da Defesa para a Inteligência;
um oficial de inteligência sénior do “DoD” que, entre outras atribuições, realizou um programa de “identificação de ameaças” a nível aeroespacial do Pentágono com foco em tecnologias aéreas não identificadas.
E profissionais bem colocados e experientes, da inteligência e altos cargos acadêmicos, também estão no time.

O que está acontecendo aqui? Este é o início de algum tipo de tendência para uma nova abertura por parte do governo dos EUA?
Essas pessoas sabem mais do que qualquer um de nós, então a questão de sua motivação é fundamental.

Tom DeLonge  (foto abaixo), cujas bandas Blink182/ Angels & Airwaves venderam mais de 25 milhões de registros na década de 1990 é um aficionado pelo assunto UFOe passou muitos anos estudando o fenomeno e com isso foi gradualmente capaz de estabelecer contatos com oficiais e outros insiders altamente posicionados na indústria aeroespacial, inteligência, Departamento de Defesa e NASA.


Essas fontes independentes forneceram-lhe informações sobre o fenômeno OVNI e trabalharam com ele para desenvolver um plano para a liberação incremental desta informação através da empresa de entretenimento de Tom “TO THE STARS” ou TTS (Para as Estrelas), o que seria especialmente orientado para alcançar públicos mais jovens.

Como muitos outros, fiquei espantada com a capacidade de Tom conquistar a confiança desses impressionantes conselheiros, que, em primeiro lugar, desejavam permanecer anônimos, mas acreditavam que essa informação nos pertence a todos.
Falei com Tom e acreditei nele, apaixonado, muito afiado, articulado e altamente motivado para encontrar a verdade.
Eu entendi como ele conseguiu engajar esse grupo – ele fez sua lição de casa, trabalhou muito, foi sincero e sabia como se comportar ao conhecer essas pessoas.
No começo, Tom me permitiu falar com um de seus conselheiros, o que me ajudou a entender mais sobre seu esforço.

Então, no final de 2016, o Wikileaks publicou uma série de e-mails de Tom para John Podesta, que revelou os nomes de algumas dessas fontes. Entre seus assessores havia dois generais: um era um comandante do laboratório de pesquisa da Força Aérea dos EUA na Base da Força Aérea de Wright-Patterson e responsável pela gestão do programa de ciência e tecnologia de US $ 2,2 bilhões da Força Aérea; O outro foi o Assistente Especial do Comandante do Comando Espacial da Força Aérea na Peterson Air Force Base.

Tão devastador quanto isso foi para alguns, é que ficou claro para aqueles que duvidaram que Tom estava realmente contando a verdade sobre seus contatos de alto nível.

“Eu acho que eles realmente querem que nós saibamos. Eu realmente penso que sim. Nesse momento, eu sinto que vai ser uma coisa difícil de digerir para as pessoas e acho que há elementos sobre isso que as pessoas não estão prontas “, disse Delong a George Knapp, o repórter investigativo da KLAS TV em Las Vegas e apresentador de “Fim-de-semana” de Coast to Coast AM.

Recentemente Tom montou uma nova equipe de colaboradores e criou o “To The Stars Academy of Arts and Science (TTS / AAS)”, onde ele é presidente e CEO interino.
A Academia inclui três divisões sinérgicas: Ciência, Areospacial e Entretenimento. Uma corporação publica que está buscando servir o bem público através da exploração de “Os limites da ciência e a compreensão dos fenômenos”,
e tornando tudo público.

Na quarta-feira, 11 de outubro, às 13:00 da tarde (Horário de Brasília), a equipe lançará a nova iniciativa em um evento a ser transmitido em tempo real de Seattle.
Tom apresentará seus colegas e explicará as intenções e o propósito da nova empresa e sua necessidade de suporte público. Para sintonizar, ou para assisti-lo, entre no site: http://dpo.tothestarsacademy.com/

De acordo com uma declaração do TTS / AAS, os membros da equipe que estiveram “operando sob as sombras do segredo máximo por décadas” acreditam que “há evidências confiáveis suficientes de tecnologias exóticas que podem revolucionar a experiência humana”. A divisão de ciência conduzirá a pesquisa, que também incluirá; a consciência, o espaço-tempo de engenharia, a interface cérebro-computador, a genômica e a criação de um banco de dados de experiências supranormais.
O setor aeroespacial aplicará a ciência para criar “conceitos de energia e propulsão de próxima geração para transporte e voo espacial que possam mudar o transporte por terra, água e ar”.
O entretenimento oferecerá “uma narrativa informativa que dê uma visão maior e provoque curiosidade para os mistérios profundos e ainda não resolvidos do mundo “.

Em 4 de outubro, tive o privilégio de me sentar com Jim Semivan (vice-presidente de operações da TTS / AAS), Harold Puthoff (vice-presidente de Ciência e Tecnologia), Christopher Mellon (assessor de assuntos de segurança nacional)
e Luis Elizondo (chefe de segurança e Programas especiais) para uma reunião de quatro horas em Washingon DC.

Na reunião, me deram informações sobre os antecedentes e mostraram alguns documentos reveladores e dados fora do registro, alguns dos quais acabarão sendo divulgados.
Dados e documentação importantes não classificados devem ser divulgados através da Comunidade de Interesse (COI) da Academia, em colaboração com o governo dos EUA, que será acertado em breve.

“Ao contrário de outras funções, que muitas pessoas no Pentágono sabiam que eu estava associado, o tema das “Ameaças Aéreas” poucos faziam ideia de que eu fazia parte, com exceção de alguns poucos indivíduos”, disse Luis.

Perguntei-lhe se esses objetos não identificados eram considerados ameaças. “Eles não exibiram hostilidade aberta”, disse ele.

“Mas algo inexplicado sempre é considerado uma ameaça potencial até que tenhamos certeza de que não é.”
Eu acho altamente significativo que Luis Elizondo esteja saindo desse Programa secreto dentro do DOD para o setor privado.
“De nossas observações, minha opinião e a dos outros é que o fenômeno é muito real.
No lado positivo, acredito que estamos mais perto do que nunca em nossa compreensão de como ele opera “, ele me disse.

A Academia TTS pretende divulgar informação que será um divisor de águas para as pessoas interessadas que têm buscado respostas há muito tempo.
“O fato é que não podemos estar necessariamente sozinhos”, diz Luis Elizondo. “Agora é a hora de avançar e tentar responder a alguns dos mistérios mais profundos da vida”.
Isso não acontecerá se mantivermos o status quo.

Veremos amanhã!

 

Matéria original: Leslie Kean
Fonte:https://www.huffingtonpost.com/entry/inside-knowledge-about-unidentified-aerial-phenomena_us_59dc1230e4b0b48cd8e0a5c7
Tradução Milagroufo

 

 

Share This:

Post Author: Daluz

One thought on “O desacobertamento que mudará o mundo começa amanhã?

  • Antonio

    (October 10, 2017 - 9:22 pm)

    ACREDITO! DUPLA FENDA!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *