A verdade x O que se quer acreditar.

A verdade x O que se quer acreditar.

 

 

Para quem não sabe houve recentemente um grande fórum de Ufologia nos EUA recenetemente  no deserto de Monjav, chamdado “CONTATO NO DESERTO, reunindo grandes nomes da pesquisa ufológica, e resolvemos traduzir um post do documentárista e pesquisador  Jeremy Kenyon Lockyer Corbell, (se vc nunca ouviu falar dele e nem nunca viu nenhum de seus documentários faça um pesquisa pelo seu nome agora ou clique aqui: https://vimeo.com/jeremycorbell ) onde ele compartilha a visão de Jacques Vallee, que esteve presente no Fórum, sobre o rumo atual de pesquisas ufológicas, e que é bem maior do que as pessoas tendem a pensar e principalmente não aceitam. Segue;

 

“Estou tanto inspirado e encorajado pela fome de informações que eu vi neste fim de semana no “ CONTATO no DESERTO”. É ótimo ter muitas pessoas no meio do deserto de Mojave, minha casa. Com isso dito, eu vou ser honesto. Temo pelo futuro da pesquisa neste campo de Ufologia ou Fenomenologia.

Parece-me que o RUÍDO é o novo PRETO (nova tendencia) .

A RAZÃO e a EVIDÊNCIA são abandonadas devido a táticas de persuasão. Que em um oceano falsos profetas … esse temor baseado no engano, é mais comum do que nunca. O que aconteceu com a abordagem científica? O que aconteceu com a exigência de provas? Eu sinto um profundo senso de dever, para inundar aqueles que têm percorrido este caminho perante mim com, apelos para orientação.

Então, para mim, hoje foi especial.

Hoje ouvimos uma voz que suavemente sussurrou ao longo das décadas. A voz de um homem que o tom chama atenção …. se você estiver em silêncio o suficiente para ouvir.

Um sinal, dentro do ruído.

A voz e as idéias eram de Jacques Vallee. Sua mensagem tem evoluído ao longo dos anos, como ele tem acumulado novos dados; Nunca sensacionalistas, nunca exageradas.

Jacques insinuou suas descobertas há anos … e aparentemente ele escolheu falar mais uma vez.

Três coisas simples que aprendi de Jacques são:
1. Não salte para a conclusão de que que esses visitantes (ou manipuladores), são extraterrestres. Eles podem ser … mas se se  pode distorcer o espaço-tempo (e isso é de fato, o que os dados mostram) … então eles poderiam literalmente, ser de qualquer lugar. Essa filosofia divergente que Jacques relatou, porque é aí que seus dados o levaram … realmente irritava as pessoas na época. Agora, nós entendemos o que ele estava dizendo.
2. O apropriadamente chamado “Sistema de Controle” que Jacques nos apresentou décadas atrás, é mais importante agora do que quando ele o propôs pela primeira vez. Lembro-me do trabalho de Charles Fort, onde sugeriu que somos propriedade. Que possamos ser gados, de propriedade de entidades que nos manipulam tanto no micro … quanto na escala macro. Jacques não disse que somos propriedade … mas ele fala do sistema de controle. Um sistema consistente, com intervenção, manipulação e uma variedade de tipos. UFOs aparecem, e às vezes parece ter o objetivo de gerar uma reação, ou talvez uma distração? Como uma isca em um anzol de pesca brilhante. Jacques vai para um novo nível, sugerindo uma inteligência que nos confunde, por razões que não entendemos completamente.

3. A desinformação OVNI é real, e uma ameaça para a nossa compreensão. O livro de Jacques, “Messengers Of Deception” expôs as agências nos bagunçando e nos manipulando, com desinformação e desinformação … mas ao mesmo tempo, importante, essas agências têm e ESTÃO … estudando o Problema UFO em segredo. E parece haver várias forças … governamentais, e talvez mesmo cósmicas … que parecem usar diferentes níveis de manipulação para descartar ou confundir o público.

Mas Jacques segue os dados onde o  conduz. Ele é creditado por ajudar a construir a primeira base de dados informatizada para UFOs quando ele trabalhou com J. Allen Hynek.

E precisamos seguir os passos de Jacques. Para seguir os dados onde eles nos levam …. Sem teorias de conspiração ou espetáculos … apenas os dados.

Eu também notei que ao longo das décadas de seu trabalho, que Jacques, francamente … Não ganhou merda nenhuma tanto dos principais cientistas, e dos ufólogos.

Simplesmente devido à sua abordagem, ele tem sofrido, porque suas ideias sempre foram à frente de seu tempo.

Assim tem sido, o tempo todo, mas a sua persistência e mensagem perdura … e ainda é, de longe … à frente de seu tempo.

Só levou décadas para as pessoas perceberem o significado de sua perspectiva.

Suas contribuições são agora o ponto de partida para a conversa moderna sobre estes tópicos.

Suas ideias tornaram-se base para nosso entendimento e para nossas atuais investigações sobre o fenômeno (que inclui UFOs).

Onde eu moro em Pioneeretown (não Pioneer Town), respeitamos o espaço entre as palavras.

Com Jacques, você também deve valorizar o espaço entre suas palavras.

É de seu caráter ser sutil. E é o seu desafio descobrir a nuance em sua mensagem.

Hoje Jacques falou sobre “A composição material de UFOs”, e a análise física de amostras disponíveis.

Como as gerações mais novas, e a “re-descoberta” recente dos Beatles e sua música … esta foi a sua chance de entender a mensagem de um homem que trabalhou impactou sua vida diária … mesmo que você não soubesse.

 

Share This:

Post Author: Daluz

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *